Brotinhos em Ação

O Projeto BROTINHOS em AÇÃO esteve ativo entre os anos de 2010 e 2011 com o intuito de gerar oportunidades de enriquecimento cultural e engrandecimento das relações humanas permeadas de amor e entendimento entre os palhaços (em sua maioria graduandos) e visitados (jovens da instituição A.B.I.D.). Foram realizadas ao todo 23 visitas.



Por conta do calor e da energia gastada as brincadiras, nós, os Clowns, estávamos muito cansados, e as crianças, essas nunca se cansam, NUNCA. Para, então, nos relaxarmos, tivemos a seguinte ideia: SUCO DE PITANGA!!!! A sugestão era brilhante, pois pitangas não faltavam – a árvore estava espurgando as frutinhas. […]

Ano II – Visita 14 – Pitangas e Acerolas



… Metade de nós estava perdida em uma florestas, vendados. Enquanto a outra metade, os nossos guias, devereria nos indicar o caminho. TCHAM TCHAM TCHAAAAAAM!!! Na verdade é só uma brincadeira chamada “A Floresta dos Sons”. SÓ… SÓ… SÓ nada, p#ta bricadeira f*da pra c@r@lho. Entre grunidos, rugidos e outros […]

Ano II – Visita 11 – Sinestesia



O dia de chuva de sábado começa e… É SABADO DE VISITA!!! Os clowns (augustos como só) se atrapalham nesses dias. Sambalelê (Carlota) tava doente, com a cabeça quebrada, vocês já sabem o resto da história… ♪ …SAMBA SAMBA SAMBOLELÊ, SAMBA SAMBA SAMBOLALÁ…♫ Porém com dois curologistas, como Dionísio e […]

Ano II – Visita 10 – Zumbido de zumbi



Após um longo período de encontros e desencontros, finalmente voltamos as nossas regulares visitas. Agora com menos crianças, mas nem pensar em menos energia! Uma coisa boa nisso, mais fácil listar o nome delas: Maicon, Jade, Sérgio, Alex, Ana Carolina, Isaack, Renam, Flávia, Écola.. ops, Écola? Éeeeecola? Simmmmmm! \o/ Um […]

Ano II – Visita 08 – O U I É, ...


Cinco clowns, três malas, duas mochilas e 2,60 de cada um. Foi assim que se deu início a um projeto totalmente novo, experimental, em fase de testes de aprovação: os clowns no bairro! E lá foram Neco (o manda-chuva) e os brotinhos Carlota, Nino, Tia Elefanta e Sofi adentrarem o […]

Ano II – Clowns no Bairro